A festa do leitão

O Início

Corria o ano de 1994 quando a direção da Associação Comercial de Águeda (ACOAG), então liderada por Gil Abrantes, teve a ideia de realizar um evento que marcasse a cidade, realçando o papel da associação comercial. Os objetivos eram vários: primeiro, e dada a natureza do evento, promover um produto gastronómico de excelência — o Leitão à Bairrada — e potenciar os sectores da restauração e do turismo; segundo, aproveitar a visibilidade daí decorrente para divulgar as atividades da ACOAG e do comércio aguedense.
De forma ambiciosa, ainda sem imaginar as proporções que o evento assumiria década e meia depois, Gil Abrantes, a sua direção, e os funcionários da ACOAG levaram a cabo a primeira edição do certame, no espaço do antigo mercado municipal, junto ao Rio Águeda.
Com poucos meios promocionais e escassos recursos financeiros, a ACOAG conseguiu resultados surpreendentes. Os restauradores e assadores aceitaram o desafio, e o público aguedense correspondeu com os primeiros milhares de visitantes.
A Festa do Leitão à Bairrada ia construindo a sua reputação através da crescente qualidade do certame e de inovadoras formas de promoção…
Num dos primeiros anos, os responsáveis da ACOAG e da Câmara Municipal deslocaram-se a Lisboa para uma iniciativa inédita: oferecer sandes de leitão e espumante no Terreiro do Paço e no Parlamento! A Festa do Leitão à Bairrada já era uma aposta ganha.

A Evolução

A Festa do Leitão à Bairrada foi crescendo. Cresceu em espaço e em diversidade. Em 1998, nasce a Mostra de Artesanato e Gastronomia de Águeda; os grandes nomes da música nacional são presença habitual nos concertos; aumenta o número de expositores; cada vez mais visitantes da região e de todo ao país acorrem ao certame.
Um dos maiores saltos qualitativos dá-se em 2002, com a inauguração do novo Largo 1° de Maio, requalificado no âmbito do projeto URBCOM, iniciativa da Câmara Municipal e da ACOAG. O espaço parecia ´feito à medida` para a Festa do Leitão à Bairrada…
A ACOAG investe nas condições técnicas, na qualidade dos equipamentos e espaços. Os restaurantes apostam na aparência e na qualidade de serviço, e os leitões vão batendo recordes sucessivos.
A exposição mediática da Festa do Leitão à Bairrada aumenta após presenças em vários programas, reportagens e diretos nas televisões. Numas das edições, chegaram a estar presentes na inauguração cinco membros do Governo — três Ministros e dois Secretários de Estado — atestando a relevância do evento.
O recinto foi crescendo e o programa da animação ficando cada vez mais completo. A Mostra de Artesanato e Gastronomia teve de ser sucessivamente repensada devido à crescente adesão. Desde o ano 2006 que esta iniciativa se realiza dentro do pavilhão do GICA, com excelentes resultados. Em 2006, pela primeira vez, a ACOAG convida confrarias gastronómicas de todo o país, que desfilam pela cidade e visitaram a Festa do Leitão à Bairrada. Em 2007, a Festa do Leitão à Bairrada inova de novo, com o lançamento do ´sorvete de leitão`, uma iniciativa dinamizada pela Câmara Municipal, que colocou Águeda nas bocas do Mundo.
Em 2008, um novo produto inovador foi lançado, o ´Rissol de Leitão`, que se estreou com a venda de mais de duas mil unidades nos cinco dias em que decorreu o certame.
Depois disso, sempre com o leitão assado como Rei da Festa, foram sendo introduzidas novas variantes relacionadas com o produto principal, como a Bôla de Leitão, os Pãezinhos de Leitão, entre outros. Não é pretensão da organização ´desvirtuar` ou pôr em causa a pureza do Leitão da Bairrada, mas sim contribuir para a visibilidade do evento e, por arrasto, do próprio produto. Ainda que alguns ´puristas` olhem para estas inovações com alguma desconfiança, a verdade é que contribuem muito para a promoção do leitão, dada a elevada exposição mediática. Além disso, desafio os leitores a provar um pouco de Bôla de Leitão, por exemplo, e a fazerem o seu próprio juízo…

Mostra de Artesanato e Gastronomia

A Mostra de Artesanato e Gastronomia de Águeda teve a sua primeira edição em 1998. Hoje, é já uma referência obrigatória na Festa do Leitão à Bairrada. Esta mostra pretendia ser um complemento ao evento principal, onde os produtores de doçaria regional teriam oportunidade de promover os seis produtos, ao mesmo tempo que os visitantes poderiam rematar com um doce regional a sua refeição de leitão à Bairrada.
Águeda é pródiga nesta área. Desde os incontornáveis Pastéis de Águeda, passando pelos fuzis e os sequilhos, entre bolos caseiros, suspiros e tartes, muitas foram as especialidades que tentaram os visitantes.
Paralelamente à doçaria, começaram a surgir outros produtos alimentares e bebidas. Mais tarde, juntaram-se os artesãos da região, contribuindo para a afirmação desta ´festa dentro da festa`. Hoje, várias dezenas de expositores, artesãos, stands empresariais e representações das autarquias, constituem um enorme motivo de interesse para vir à Festa do Leitão à Bairrada.

Animação

A Festa do Leitão à Bairrada proporcionou às gentes do concelho uma série de grandes espetáculos que, de outra forma, dificilmente se realizariam em Águeda. Passaram pelas noites da Festa do Leitão nomes como Xutos & Pontapés, Rui Veloso, Paulo Gonzo, Martinho da Vila, Blasted Mechanism, Wok — Ritmo Avassalador, Dulce Pontes, Plaza, Blind Zero, Pedro Abrunhosa & Bandemónio, Fingertips, Corvos, Canta Brasil, Da Weasel, GNR, The Gift, Santos & Pecadores, Silence 4, UHF, Tony Carreira, Deolinda, Mariza, Alphaville, Peter Murphy, James, entre muitos outros grupos e artistas.
Uma das apostas claramente ganhas e com maior retorno por parte do público, são as sessões ´after-hours` com os melhores DJ`s nacionais, que muita animação têm trazido às noites e aos jovens aguedenses.
Para além dos grandes nomes nacionais e internacionais, este evento assume uma importância primordial na divulgação dos artistas regionais. Dezenas de cantores, grupos folclóricos, bandas filarmónicas, grupos de baile, espetáculos de dança, animação itinerante e várias performances de artistas de Águeda e da região, têm passado pelos palcos junto ao Rio Águeda.
Mas nem só de cultura vive a Festa do Leitão à Bairrada. Também se realizaram vários eventos desportivos, envolvendo dezenas de atletas. Desde corridas de atletismo, rally papers, largadas de pára-quedistas, instalação de um relvado sintético, até uma prova de canoagem nocturna no Rio Águeda, o desporto e as atividades outdoor têm sido uma constante. Desde há várias edições, a zona de desportos radicais é uma das atrações mais procuradas pelos visitantes do certame.
A 20ª edição da Festa do Leitão, em 2013, ficou marcada por mais uma iniciativa à qual, com muito orgulho, ACOAG se associa: a ´Corrida e Caminhada Solidária+`, um exemplo de Cidadania e de Solidariedade, promovendo o envolvimento conjunto de Associações, da Autarquia, das empresas e dos clubes desportivos.
A animação infantil também tem lugar no Largo 1° de Maio, as crianças podem brincar nos insufláveis instalados no recinto. Estes equipamentos tão procurados pelos mais novos fazem parte da Festa do Leitão à Bairrada desde a edição 2002, e têm vindo a crescer em quantidade e qualidade.
Outro espetáculo muito ansiado todos os anos, e com enorme adesão do público, é o fogo-de-artifício. Num local privilegiado e seguro, no Rio, entre as duas pontes, realiza-se uma monumental descarga pirotécnica, visível em toda a cidade.

Consciência Social

Sendo uma associação empresarial, a ACOAG nunca descurou, no entanto, o seu papel na vida da sociedade aguedense. Para além de outras iniciativas no âmbito da vida associativa, a associação comercial sempre procurou contribuir com diversas instituições de solidariedade social do concelho por ocasião da Festa do Leitão à Bairrada.
Desde há alguns anos que o controlo da bilheteira é entregue a várias instituições, em regime de rotatividade. Cada ano, parte da receita das entradas reverte a favor de instituição, tendo sido já contempladas a Cruz Vermelha, Os Bombeiros Voluntários e o Corpo de Escuteiros. Desta forma, as instituições têm uma excelente oportunidade de dar a conhecer as suas atividades, realizando um interessante encaixe financeiro.
Para além desta iniciativa, a ACOAG tem aberto as portas da Festa do Leitão à Bairrada a outras entidades. Instituições como a Cerciag ou a Sol Nascente têm participado com a apresentação de espetáculos incluídos no programa, ou simplesmente tido acesso aos grandes concertos. Em qualquer dos casos, dezenas de crianças do concelho envolveram-se e participaram, emprestando a sua alegria a esta festa.

21 Anos de Festa do Leitão

Chegados a 2014, a Festa do Leitão atinge a sua vigésima primeira edição. Poderão dizer que ´20` é apenas um número, mas é inegável que se trata de um número especial. São duas décadas de história, vinte anos de muita dedicação e esforço por parte da Associação Comercial de Águeda, das suas direções, funcionários, associados e todos os que se têm envolvido na organização do evento.
A Festa do Leitão é Águeda, e Águeda é, também, a Festa do Leitão.
Este ano, mais do que nunca, espera-se uma organização ao melhor nível, usufruindo de um espaço recentemente recuperado e com novas valências, num cenário magnífico junto ao Rio Águeda, e com muita animação, gastronomia e alegria.

O Futuro

Caberá, naturalmente, à direção da ACOAG delinear a Festa do Leitão à Bairrada. A Câmara Municipal, parceiro estratégico do evento, deverá continuar esta colaboração nos próximos anos, tendo presente que se trata de um dos eventos mais marcantes da cidade e do Município. Sem falsas modéstias, a ACOAG entende que o sucesso e relevância da Festa do Leitão à Bairrada trouxeram também a responsabilidade de garantir a sua continuidade.
O futuro passa pelo aperfeiçoamento do atual modelo e pelo envolvimento de cada vez mais forças vivas de Águeda e da região.
O que parece certo é que a Festa do Leitão à Bairrada veio para ficar.
A ACOAG espera que se sinta em casa, e que desfrute deste cartão de visita que tanto nos orgulha. E como o Leitão não pode ser dissociado do fantástico espumante bruto, sugerimos que brinde connosco ao sucesso destes vinte e um anos e, pelo menos, dos próximos vinte… Tchin-Tchin!

Alberto Marques
Presidente da Assembleia Geral, e
Ex-Presidente da Direção da ACOAG

like button

também estamos no facebook